Introdução ao traçado da letra cursiva…

Introdução ao traçado da letra cursiva no Ensino Infantil e nas séries iniciais do Ensino Fundamental

Nosso colégio é referência nacional e internacional no uso de ferramentas digitais em Educação, fazendo uso inteligente das inovações que temos à disposição dos professores a alunos: aprendemos e ensinamos por meio da interação, valorizando a atividade coletiva e a exploração de espaços, dados e informações a partir do uso dos iPads e todo o universo que ele traz para dentro das salas de aula. Por estimular e desenvolver práticas a partir deste recurso, sabemos bem que nossos alunos, desde a mais tenra idade, já dominam a lógica “touch screen” (que muitas vezes ainda parece a nós, imigrantes digitais, novidade). Para os pequenos, tudo é possível a partir de um simples toque com a ponta dos dedos.

Reconhecemos que as potencialidades advindas com os recursos tecnológicos atuais precisam ser aliadas a outras práticas formativas indispensáveis, que devem ser preservadas e aprimoradas, visando o desenvolvimento integral dos alunos. Assim, prezamos em nossa escola pelo desenvolvimento das “artes do fazer”, que estimulam a criatividade, a experimentação sensória e o desenvolvimento cognitivo dos alunos. Nestas práticas valorizamos a atividade manual e as construções expressivas, que permitem o desenvolvimento motor e sensível das crianças.

A apresentação do traçado da letra cursiva se encaixa, neste contexto, em uma importante “arte do fazer”. Ao mostrar para os alunos um modo diferenciado de traçado, concebido de forma artesanal e cuidadosa, reafirmamos a importância da concentração, do tempo e da dedicação para o aprendizado concreto. Por isso preservamos esta prática e incentivamos os momentos de uso da letra manuscrita nos cadernos, atividades e agendas até o final do 5º ano. Este processo deve ser cuidadosamente orientado pelo professor e acompanhado cotidianamente, para que a formação ocorra de modo tranquilo e satisfatório.

Para cada faixa etária a apresentação e desenvolvimento do traçado da letra cursiva atende a necessidades particulares, respeitando as condições de desenvolvimento real e os limites potenciais das crianças. De modo respeitoso e lúdico, os pequenos aprendem a movimentar suas mãos e empunhar o lápis com propriedade, reconhecem outras formas possíveis para cada letra e encaram esta escrita com naturalidade, pois ela acontece ao mesmo tempo em que ocorre a apropriação do traçado de imprensa e de outras fontes disponíveis no dia a dia dos alunos.

Certamente não esperamos que uma criança domine, na Educação Infantil, os movimentos da letra manuscrita com propriedade. Isto será explorado de modo paralelo e informal a partir do Ensino Fundamental. Ressaltamos ainda, neste sentido, que o objetivo do material didático do Ensino Fundamental não é de esgotar as possibilidades e estratégias para que o traçado se efetive. Assim como outras práticas artesanais e cotidianas, o treino da letra cursiva deve ser atividade constante, planejada pelo professor e dosada de acordo com o desempenho de seus alunos, uma vez que alguns podem rapidamente dominar os códigos deste estilo de escrita enquanto outros precisarão de treino e suporte até as séries mais avançadas.

Luciana Haddad Ferreira (Nana)

Coordenadora Pedagógica – Educação Infantil e Ensino Fundamental